terça-feira, 29 de setembro de 2009

Mulher de novela


Um calor de rachar, daqueles que eu odeio.
Eu suando igual tampa de chaleira, sem ar condicionado.
A roupa gruda no corpo, a cara vai ficando vermelha.
Bem que eu podia cair de paraquedas numa daquelas casas de novela da globo, onde tem sempre madames que não fazem nada na vida, deitadas na beirada da piscina, com empregadas trazendo bebidinhas e lanchinhos.
Também seria bom se tivessem outras amigas madames, pra conversar fiado, falar das compras, viagens à Europa e dos maridos-lindos-empresários-ricos-muitíssimo ricos.
Ah... me deixe sonhar.
Sonhar não paga.

2 comentários:

Micho en el pais de las maravillas disse...

Eu quero também! muito! deixa eu ser sua atriz co-adjuvante! ah deixa vai

Rogeria disse...

Ei vamos acordar e colocar os pes no chao!Para de influenciar os outros viu amiga ja estava aqui me sentindo, sai ilusao da minha mente que ela nao te pertence kkkk
Bjus
Ro