segunda-feira, 10 de dezembro de 2007

Compulsão alimentar

Balanço do final de semana

quinta: Dia ligth sozinha
Jantar no Tradição da Roça (restaurante no quilo que adoooro)
Carne +salada + refri light + queijo assado + sorvete

Sexta: Dia light sozinha
Jantar: Reunião de 10 amigos aqui em casa, contando comigo e com o marido, pra colocar a fofoca em dia. Fiz 3 tortas de sal. (1 quente de frango com milho, 1 quente de linguiça e queijo, e 1 fria de frango, tipo sanduiche natural). Comí um pedaço de cada com com H2O.

Sábado: Dia: Churrasco da empresa que o marido trabalha. Comí normal, nem muito, nem pouco. Tomei uns 3 copos de cerveja e uns 2 de refrigerante normal e água. Atarde sorvete. Anoite coca com coxinha. Ou seja, pra conseguir emagrecer comendo isso, só por milagre de Deus.
Domingo: Almoço no restaurante Bianca (comida a quilo) com a famíla do Fabricio.
Tudo beleza, pela primeira na vida, comí menos que todos da mesa. Ponto pra mim. Atarde encontro na casa da minha tia Vanda. Comí uma manga, um pão francês com carne e uma taça de vinho.
Ou seja, de dieta aqui não tem nada, mas por outro lado, desde que comecei o blog não tive mais nenhuma crise de compulsão alimentar. E isso pra mim já uma vitória sim.
Pode parecer que estou me contentando com pouco, eu sei ...
Mas quem já passou por isso sabe do que estou falando.

Vou colocar um artigo sobre o assunto para quem não souber do que estou falando entender um pouco mais. Infelismente eu tenho certeza que tenho este trantorno. Me comporto (ou comportava) como está falando no artigo abaixo. Tenho um certo constrangimento em falar sobre isso. Mas se o blog é para me ajudar, tenho que falar né...




A compulsão alimentar é o ato de ingerir uma quantidade de alimentos significativa maior que a maioria das pessoas consumiria em um curto período de tempo. Geralmente as pessoas estão sozinhas e sentem-se deprimidas e culpadas depois do ato da compulsão alimentar, mas o indivíduo não provoca vômitos ou algum outro método purgativo.
Pessoas que beliscam pequenas quantidades de alimentos o dia todo, não se encaixam nesta categoria. A pessoa com compulsão alimentar alimenta-se em um período delimitado, chamado episódio de compulsão alimentar.
Muitas pessoas acham que tem compulsão alimentar por consumir doces em excesso, guloseimas, por desejarem consumir pão à noite, etc. Isto não é caracterizado como compulsão alimentar, ou transtorno compulsivo alimentar periódico.
“O tratamento deve acontecer com uma equipe multidisciplinar, envolvendo médicos, psicólogos e nutricionistas.”
Sentir vontade de comer 1 pedaço de torta de chocolate e até repetir este pedaço é um momento que todos tem o direito de fazer, de vez em quando, sem culpas, mas no comer compulsivo a pessoa não consome apenas isso, mas vários outros alimentos e em quantidades enormes, não mastiga direito, não sente o gosto do que está comendo, não consegue parar de comer, mesmo já estando saciada e em período pequeno de tempo.
Dentre os transtornos alimentares já existentes, como a anorexia nervosa e a bulimia nervosa, há uma nova categoria a ser definida, denominada TCAP (Transtorno da Compulsão Alimentar Periódica).
Para o diagnóstico do TCAP são levados em conta os seguintes critérios:
1) Episódios recorrentes de compulsão alimentar. Um episódio de compulsão alimentar é caracterizado por ambos os seguintes critérios:- ingestão, em um período limitado de tempo (por exemplo, dentro de um período de duas horas), de uma quantidade de alimentos definitivamente maior do que a maioria das pessoas consumiria em um período similar, sob circunstâncias similares;- um sentimento de falta de controle sobre o episódio (por exemplo, um sentimento de não conseguir parar ou controlar o que ou quanto se come).
2) Os episódios de compulsão alimentar estão associados a três (ou mais) dos seguintes critérios:- comer muito e mais rapidamente do que o normal;- comer até sentir-se incomodamente repleto;- comer grandes quantidades de alimentos, quando não está fisicamente faminto;- comer sozinho por embaraço devido à quantidade de alimentos que consome;- sentir repulsa por si mesmo, depressão ou demasiada culpa após comer excessivamente.
3) Episódios recorrentes de compulsão alimentar
4) A compulsão alimentar ocorre, pelo menos, dois dias por semana, durante seis meses.
5) Acentuada angústia relativa à compulsão alimentar.
6) Compulsão alimentar não está associada ao uso regular de comportamentos compensatórios inadequados (por exemplo, purgação, jejuns e exercícios excessivos), nem ocorre durante o curso de anorexia nervosa ou bulimia nervosa.
O comer compulsivo pode acarretar em conseqüências nada saudáveis, a principal é o sobrepeso e obesidade. Outras conseqüências seriam problemas gástricos devido ao grande consumo de alimentos ingeridos, além de comprometimento das relações interpessoais.
A pessoa que tem compulsão alimentar consome uma determinada quantidade de calorias em um dia, no dia seguinte come normalmente, no outro volta a ter episódio de compulsão alimentar, e esta oscilação poderá comprometer o metabolismo e favorecer o depósito de gordura.
O tratamento deve acontecer com uma equipe multidisciplinar, envolvendo médicos, psicólogos e nutricionistas.
Primeiramente, é importante fazer um trabalho de reeducação alimentar com o indivíduo, conscientizando da importância de comer adequadamente, tendo uma alimentação fracionada, além de tratamento com psicólogo e psiquiatra.
O psicólogo estará detectando os fatores psicológicos que podem estar favorecendo os episódios de compulsão alimentar. E se necessário o médico indicará a medicação correta.

Vou me esforçar ao máximo nesa semana.

Caminhada + salada - refrigerante - fritura = emagrecimento

7 comentários:

sabrynna disse...

Oi Renata, obrigada pela visitinha,também gostei do seu blog. Só não vi quanto vc pesa e quanto deseja perder exatamente. Parabéns pelo controle alimentar, mesmo comendo coisas engordativas vc está comendo pouquinho, sabendo se comportar, mas se vc quer realmente emagrecer é melhor cortar ao máximo esses alimentos muito calóricos,deixando apenas pro fim de semana. Mas todo começo de RAé difícil. Beijos pra vc e apareça sempre no meu cantinho, viu?
http://precisoevouemagrecer.zip.net/

Jana disse...

Oi querida, obrigada pela visita, eu bem que queria me controlar, n sei se tenho compulsão, mas que tenho onde perder peso eu tenho rsrsrs

Vou olhar o blog que me indicou.

beijos!

Cíntia disse...

Olá Renata!
Nada muda da noite pro dia! Vc pode até achar q é pouco mas não é. Só o fato de vc n estar tendo crises compulsivas...menina isso ai já é um grande passo é por ai q os resultados começam à aparecer. Acho q vc n percebeu q mesmo comendo essas coisas, comeu em quantidades bem menores do q comeria antes certo? Pois é a vitóira já está por ai , vc está se conscientizando e comendo menos. Com o tempo, tudo vai aparecendo mas eu posso te dizer q já vi por ai uma enorme diferença só pelo fato de estar comendo menos e n tendo compulsão. Vc jamais deve se reprimir qto ao q sente, tem q falar mesmo. Eu tb tinha vergonha de falar e admitir q eu tinha crises...Acredita q hj em dia penso duas vezes antes de fazer a porcaria.
O importante é q vc n desistiu e está vivendo um dia de cada. Saibas q está no caminho certo e com erros e acertos é q aprenderá mais dia-a-dia com si mesma.
Pode ter certeza q a vitória será certa.

Léo disse...

Isso porque vocês não vêem minha irmã comer carne cozida de panela!
O.o

É um descontrole geral, parece que ela vai hibernar por 6 meses e precisa desse depósito de proteínas.
É o TCAP dela mais aguçado!

pokAkopASpkosakopsakposakopSAKOPkopsapkosa

Cris disse...

OI Renata, achei seu blog no google atraves de uma pesquisa sobre TCAP. Eu tb acho que tenho esse transtorno. Não quero ficar nessa situação em 2008. tb tenho um blog com o objetivo de emagrecer, mais sempre caio nessa teia de comer ate passar muito mal. em 2008 nao quero mais ficar assim. por isso procurei ajuda na net. grande beijo

Anônimo disse...

Aprendi muito

Thalita Thais S.A. disse...

Adorei o blog já na primeira visita!!!

O primeiro passo é reconhecer essa compulsão, acho que estou no caminho...


Já estou seguindo,



Beijo

Thali
www.bolsadeaguaquente.blogspot.com
www.blogamarradinhos.blogspot.com