segunda-feira, 21 de julho de 2008

Festa Julina

Todo ano, na rua da minha mãe, a vizinhança faz uma festa junina, que neste ano só saiu em julho.
Cada vizinho leva uma comida típica pra compartilhar. Eu levei o cachorro quente. Tem de tudo de festa junina. Tem um pessoal que sempre faz uma fogueira, um fogareiro pra manter os caldos quentes e enfeitam a rua. É bem bacana.


Eu e Taís
Fabricio com chapéu da Taís
Léo e mamãe, minha amiga Kelly, eu, Patricia e Léo


O final de semana só teve comelança. De quinta anoite pra frente não comí em casa nenhum dia. O resultado foi balança estagnada mais uma vez. Nem da pra reclamar...
Coloquei um "Plano de Ação" novo na porta da geladeira para seguir até o último dia do mês. Dessa vez há de funcionar. O primeiro dia eu vencí.

Hoje fui fazer a inscrição pra um concurso que estava animadíssima a fazer e este foi cancelado. Fiquei triste. Era a chance de conseguir um emprego. Affff. Mil vezes Affff. Agora só de pensar que vou ter que procurar emprego eu fico tensa. Tomei trauma de entrevista de emprego. Acho que vou ter que fazer terapia pra ver se consigo enfrentá-las. Mas isso é assunto pra um post enorme e específico.


Brincadeirinha indicada pela querida Roberta.
Eu achei difícil de listar só 3 coisas pq sempre tenho mais a falar...
Tentei.

A - As 3 alegrias:
1- Quando compramos o AP (felicidade)
2- Quando conseguimos passar pela imigração na Inglaterra (ufa)
3- Quando meu pai conseguiu realizar um procedimento pra fazer o coração funcionar melhor (alívio).

B - Os 3 medos:
1- Que alguém próximo (família) morra
2- De ter uma morte sofrida (doente terminal, queimada ou sem ar)
3- De não conseguir ter um filho

C - Os 3 objetivos:
1- Terminar a faculdade
2- Ter dois babies
3- Ter a minha empresa

D - As 3 obsessões atuais:
1- Passar em um concurso ( fazer primeiro)
2- Terminar a faculdade
3- Emagrecer uns quilinhos

E - Os 3 fatos surpreendentes:
1- Meu marido me elogia e "diz" que gosta de mim a cada dia mais, mesmo eu tendo engordado 20 quilos após o casamento e 25 após o início do namoro (e eu "tenho" que acreditar nele né, rsrsrsr)
2- No último semestre passei em uma matéria de cálculo com nota alta e sem recuperação. Isto é um marco histórico inacreditável.
3- A lista dos medos era enorme e foi dificílimo escolher só três. Acho que será necessário rever meus conceitos. Estou muito medrosa ultimamente.

Mas... Vamos em frente...
Desistir jamais.

6 comentários:

ROBERTA disse...

Oi Rê...
Eu tbém tinha um monte de coisas ra responder nessa brincadeira ha haha e tem dias que fico mto medrosa tbém.
Hummmm festa junina/julina eu adoro mas esse ano foi meio devagar aqui viu fui só em uma que tava tão sem graça que nem comi nada!
Amiga vamos que vamos hein!!!

Bjos pra vc

Micho en el pais de las maravillas disse...

Eu vou no time do Fabricio e continuo a achar vc linda sempre...falta vc se sentir linda.
Então força!!!!!!!!!

Vania disse...

Veja pelo lado bom, são só uns quilinhos rsssss e você é muito bonita Renata!

Emprego é importante... também ia tentar um concurso (atualmente sou bolsista na pós) mas vi que iria ter que me F........ de verde e amarelo porque tenho 1 disciplina para cursar e 2 para monitorar no próximo semestre, daí desisti... mas sonho muito ter um emprego affffff

Criançada mais linda hein!

E isso de festa na rua parece coisa de filme!

Beijos

Andrea disse...

Oi Rê...

Dá um ódio essa brincadeira de pegar no calcanhar né...Eu já planejei de um dia fingir que tive morte súbita só pra ver a cara do xarope!!!

Se acha que eu não tentei entrar em casa??? Claro que sim!!! mas tava tudo fechado por dentro...Portas janelas...Não tive alternativa! Mas pelo menos não desmaiei -kkkkkkkkk Continuo com medo da bicha, ui! Não saio sozinha no quintal nem a pau-kkkkkkk
Essasfestas juninas são de judiar né?! Só perde para as festas natalinas!

Beijão!

Leonardo disse...

Você esqueceu seu medo de VACA. Medrosa mesmo, nunca vi ter medo de vaga. Precisa fazer "gadoterapia" ou "bovinoterapia" ou quem sabe, Sessão do Descarrego da Universal ajuda.

A não, fiquei muito magro na foto, tira, esse braço comprido e seco. Eu corto meu braço nas fotos tudo...
Aff!

Leonardo disse...

vaga* não vaga.

Estou com tanta, mais tanta, mais tanta "vaga" na cabeça que confundi.

Thoeim oeihm oeihm!