quinta-feira, 19 de março de 2009

Tempo de casamentos


Domingo tive uma surpreza..
Uma amiga veio trazer o seu convite de casamento e me convidou pra ser a madrinha.

Sim, nós já fomos muito amigas há uns doze anos. Saíamos juntas, estudamos na mesma sala e fomos vizinhas. Mas já faz muitos anos que nos encontramos raramente na rua.
É sempre aquela euforia e a promessa de encontrar depois e conversar com calma.
Mas o tempo passa, a gente não marca nada e fica por isso mesmo.

No domingo ela e o noivo vieram na minha casa pela primeira vez.
É incrível como as vezes damos uma atenção excessiva para algumas pessoas que não valem tanto o nosso esforço assim, e outras vezes somos um pouco desatentas com quem realmente gosta e faz questão da nossa presença e da nossa amizade.
Sentí isso com a Gisa. Sentí que deveria ter sido mais atenciosa, mais amiga.
Mas nunca é tarde pra retribuir carinho né.

O chato é que no mesmo dia e no mesmo horário será o casamento do meu primo.
Então eu vou ter que fazer uma coisa que acho muito feia e que nunca fiz antes.

"Vou numa festa sem ir no casamento da igreja antes, srsrsr".

Vai ser assim: Eu vou lá no casório da Gisa. Dou um abraço grande nos noivos e como um docinho e delá vou pra festa do casamento do meu primo, onde vai estar a grande familia toda reunida.
É meio chato mas vai ter que ser assim.

Falando em casamento: Amanhã é um dia muito especial.
Completa-se cinco anos que eu e maridinho juntamos as escovas de dentes.
E isso me deixa muito... muito feliz.

2 comentários:

Vania San disse...

Também tenho algumas amigas que mereceriam mais atenção... mas sabe, amizade exige reciprocidade então nunca há "1" culpado (rsss).

Beijos e boas festas!

Micho en el pais de las maravillas disse...

Isso é lindo, com o tempo aprendemos o que realmente importa.
Saudades de ler o Sem firulas